Página inicialComunicaçãoNotíciasSindicatos metalúrgicos firmam Convenção Coletiva de Trabalho

25/05/2021

Sindicatos metalúrgicos firmam Convenção Coletiva de Trabalho

Acordo vale para o período 2021/2022. Documento também flexibiliza questão do banco de horas

 

As negociações entre os sindicados de Trabalhadores do setor metalúrgico e o Patronal encerraram com a assinatura da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), firmada entre STIMMMME-BG e SIMMME, no dia 21 de maio. O documento prevê concessão de reajuste de 7,8% sobre os salários da categoria, com data base fixada em 1º de maio de 2021. Com a definição, o piso salarial fica estabelecido em R$ 1.367.90 para até 90 dias de contrato, e de R$ 1.516,40 após 90 dias de contrato.

Entre outras disposições apresentadas pelo documento há conquistas importantes para os trabalhadores, como a manutenção do Quinquênio de 5% para cada 5 anos de empresa; prêmio aos mensalistas com o recebimento ou troca de Dias 31 (5 dias por ano) e garantia do Piso da Categoria.

Também são benefícios assegurados na negociação a remuneração de horas extras e dos feriados aos sábados, possibilidade de troca de dias para feriados prolongados e compensação do Sábado (trabalhar 8:48 horas de segunda a sexta e folgar aos sábados). A lista segue com outras vantagens, como lanche aos que fazem mais de duas horas extras após jornada de trabalho, adiantamentos de salário, Auxílio Estudante e Auxílio Funeral. É direito do trabalhador, conforme negociação da CCT, dispensa de pagar/cumprir os 30 dias do Aviso prévio na comprovação de novo emprego.

A CCT foi estabelecida pelo o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Bento Gonçalves (STIMMME-BG), junto ao Sindicato Nacional da Indústria de Máquinas (SINDIMAQ) e o Sindicato das Indústrias Mecânicas e de Material Elétrico (SIMMME-BG) e será aplicada na base territorial que compreende os municípios de Bento Gonçalves, Monte Belo do Sul, Santa Tereza e Pinto Bandeira.