Página inicialComunicaçãoNotíciasSTIMMME-BG compartilha dicas para elaborar um bom currículo

21/12/2020

STIMMME-BG compartilha dicas para elaborar um bom currículo

Se você estabeleceu como um dos objetivos para 2021 conseguir um emprego ou buscar uma nova oportunidade profissional, essa dica pode ser de fundamental importância: revise com cuidado seu currículo. Muitas fichas de profissionais são descartadas por conta da aparência e do excesso (ou falta) de informações apresentadas. Somar experiências e estudos é um item importante, mas não saber como apresentá-los pode ser determinante na hora de conquistar a vaga.

Por isso, o STIMMME-BG auxilia os trabalhadores metalúrgicos associados a confeccionar um bom currículo, dentro dos padrões exigidos. Além de oferecer essa facilidade em sua Sede, o Sindicato também compartilha dicas de como elaborar um documento atraente e coeso. O primeiro passo é buscar o equilíbrio: nem detalhes em excesso, nem informação de menos. Nem tão longo, nem tão curto. Usar a objetividade é preciso. Informações bem estruturadas ajudam a capturar de imediato o olho do futuro empregador. Confira:

 

Economize na quantidade de dados pessoais

Encher o currículo com todos os tipos de dados pessoais é desnecessário. O possível empregador não precisa saber o RG, ouCPF, tampouco do nome dos pais antes mesmo de contratação. Ao invés disso, coloque apenas: nome completo; e-mail; telefone de contato; endereço do seu perfil em redes profissionais, como o LinkedIn (se tiver) – evite incluir perfil de redes sociais pessoais; cidade onde mora; idade ou data de nascimento (opcional). Também é importante observar os nomes usados em e-mails e endereços de redes sociais para que pareçam o mais profissional possível.

 

Especifique uma área de atuação

Depois dos dados pessoais e antes da descrição das experiências e formação, é interessante apresentar uma área de atuação bem definida, com bom destaque, usando poucas palavras. Essa informação deve comunicar, de maneira rápida e genérica, com o que você trabalha.

 

Descreva sua formação

De forma sucinta, cite cursos de graduação e pós-graduação realizados. Utilize os seguintes dados e use sempre a ordem do mais recente para o mais antigo: modalidade do curso; título do curso; instituição, local do curso; e período do curso (se já está concluído ou ainda em conclusão). Além disso, faça um resumo das suas qualificações e cite outros cursos complementares.

 

Capriche na experiência profissional

Essa é uma das partes mais importantes do currículo, por isso é preciso tratá-la com atenção especial. Aqui devem entrar as experiências mais atuais e relevantes. A ordem deve ser sempre da mais recente para a mais antiga: nome da empresa onde trabalha ou trabalhou; período em que trabalhou nesta empresa (ou se ainda está nela); brevíssima descrição da empresa; último cargo ocupado ou função realizada; e descrição das suas atividades nesta empresa. Além disso, se você tem muitas experiências anteriores ou fora da área para a qual você disputa uma vaga, não cite.

 

Esqueça fotos e outros recursos gráficos

A menos que seja exigido pela empresa, não ponha fotos no currículo. Caso tenha que incluir, tente usar uma simples em que você pareça natural e simpático. Evite selfies, fotos em trajes de banho, em viagens ou festas. Uma simples imagem com boa luz e fundo neutro podem contar muito mais a seu favor.

 

Observe a linguagem

Nada mais comprometedor para um profissional do que apresentar um currículo com erros de português. Invista em uma revisão detalhada de todo o currículo. Se não tem certeza sobre a grafia de determinada palavra, consulte-a em algum dicionário online. Se é inseguro para escrever, peça a ajuda de alguém especializado.

 

Observe o formato

O segredo do sucesso é, muitas vezes, não ter medo de parecer comum: faça a diagramação das informações usando o tamanho A4 – que é o padrão no Brasil – e utilize fontes com pouca diferença de tamanho nos títulos e textos. Tente concentrar as informações em, no máximo, duas páginas. Ou seja, simplicidade é o melhor caminho.

 

Caso necessite de auxílio, entre em contato com o STIMMME-BG pelo telefone (54) 3452.2003 ou pelo whatsapp (54) 99144-8987 e agende uma consultoria com os especialistas do Sindicato.