Página inicialComunicaçãoNotíciasPediatra reforça importância da vacinação na infância

16/11/2020

Pediatra reforça importância da vacinação na infância

Vacinar as crianças ou não? Esse cuidado elementar com a saúde acabou, recentemente, ganhando contornos polêmicos, fomentados pela proliferação de opiniões não cientificas acerca do tema. Por isso, o STIMMME-BG convidou a pediatra Graciele Schermack De Oliveira, que atende no Sindicato às quintas-feiras, para ajudar a entender os benefícios de manter a carteira de vacinas dos pequenos em dia. Veja os principais pontos:

Por que devemos prestar atenção à vacinação desde cedo?

O quanto antes há a vacinação na infância, mais cedo a criança estará imunizada contra as doenças com as quais que os pequenos podem ter contato, pois as mais graves se desenvolvem no primeiro ano de vida.

Quais as principais vacinas que as crianças precisam tomar?

O calendário vacinal do Brasil é um dos mais completos – sendo um dos únicos países com uma abrangência de vacinas tão significativa. Ele cobre muitas doenças e conseguem controlá-las com eficiência. É importante lembrar que todas estão disponíveis na rede pública de saúde e devem ser tomadas feitas nas idades indicadas (veja o calendário completo do Ministério da Saúde em bit.ly/3lV9tak).

A que motivos devemos a 'descrença' de muitos pais em relação à vacinação? E como combater esse problema para manter em dia a carteira de vacinação?

Muitos pais embasam essa descrença nas vacinas baseados em um único estudo, sendo que há uma diversidade enorme de pesquisas que mostram a eficácia da vacinação, com dados epidemiológicos que mostram redução nas taxas de mortalidade nos últimos 30 anos. Por isso, estudos com pouca plausibilidade acabam influenciando negativamente. Nesse sentido, é muito importante a presença do pediatra e especialistas na área para difundir a importância da vacina na infância.

Nesse sentido, qual o papel de manter uma rotina de consultas médicas com pediatras?

Com uma rotina periódica de consultas, é possível controlar a carteira vacinal em dia e, assim, reforçar os benefícios de respeitar o calendário previsto pelo Ministério da Saúde.

Com a volta às aulas, a vacinação ganha uma importância ainda maior, pelo contato entre as crianças?

Com certeza, a vacinação se tornará ainda mais importante nesse momento. Isso é evidenciado pelo alerta da Sociedade Brasileira de Pediatria para um possível surto de coqueluche e sarampo no retorno às aulas, pois muitas crianças estão com a caderneta de vacinação atrasada nesse ano, aumentando o risco de disseminação desses vírus e bactérias que estavam erradicados. Diante disso, também é essencial reforçar a vacinação para adultos e adolescentes, que são veículos de transmissão.