Página inicialComunicaçãoNotíciasSaiba como tratar a sensibilidade dentária e aproveite os atendimentos no sindicato

22/07/2020

Saiba como tratar a sensibilidade dentária e aproveite os atendimentos no sindicato

Um problema que costuma incomodar bastante quando surge, mas que pode ser tratado e prevenido facilmente – basta a correta instrução de um profissional especializado. A sensibilidade dentária ocorre pela exposição e aumento da permeabilidade da dentina (camada interna que envolve o nervo do dente).

A dor surge pois, com o tempo, o esmalte pode se desgastar, tornando-se mais fino e permeável – o excesso de força na escovação ou uso continuo de escovas médias ou duras na gengiva também pode expor a raiz do dente. É importante saber que a sensibilidade dentária dura apenas no momento do estímulo: tomando água gelada, sentindo ar gelado ou comendo alimentos mais ácidos, quentes ou gelados. Assim que o agente causador da sensibilidade for removido, a dor deve cessar – caso contrário, o dentista investiga outras possíveis causas.

Para trata-la, então, o primeiro passo é procurar um profissional adequado. Se a causa for a exposição da dentina, há algumas providências a serem tomadas para reduzir a sensibilidade: usar uma escova de cerdas extra macias, escovar corretamente com movimentos leves para evitar a abrasão do esmalte e a retração gengival, usar um creme dental formulado especialmente para ajudar a reduzir a sensibilidade e, no consultório, a aplicação de dessensibilizante nas áreas sensíveis para ajudar a diminuir a dor no dente e a restauração das áreas que perderam o esmalte também podem auxiliar.

Caso tenha percebido esse problema e precise da avaliação odontológica, entre em contato com o STIMMME-BG e agende sua consulta com os profissionais Gissele Rizzatto e José Luciano Flores de Freitas. Eles atendem diariamente nos turnos da manhã e da tarde. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (54) 3452.2003 e 3452.4270 ou pelo whatsapp (54) 99144-8987.